Hoje é 16 de abril de 2024 01:03
Hoje é 16 de abril de 2024 01:03

​Tiroteio deixa 1 morto e feridos em festa de réveillon em Goiás

Caso foi registrado nas primeiras horas de 2024, na Praça Central de Doverlândia, onde ocorria um evento de som automotivo; suspeito está foragido
Imagens mostram local e uma arma apreendida; confusão em festa de Ano Novo resultou na morte de um homem de 55 anos e outras pessoas gravemente feridas // Foto: Reprodução/Internet

Uma confusão durante uma festa de Ano Novo terminou com um homem morto e ao menos quatro pessoas feridas a tiro, em Doverlândia, município da região Sudoeste de Goiás. O tiroteio aconteceu na Rua Pacífico Vilela de Carvalho, na Praça Central da cidade, às 3h30min desta segunda-feira (1°/1). No local ocorria um evento de som automotivo.

Conforme relato da PM, policiais militares foram acionados por médicos de plantão para conter um tumulto dentro do Hospital Municipal. Chegando no local, dispersaram confusão da unidade de saúde e foram informados de que haviam cinco baleados de um tiroteio durante uma festa que comemorava a chegada de 2024. Entre elas, um óbito de um homem de identificado como Sebastião Ferreira dos Santos, de 55 anos.

As primeiras testemunhas ouvidas no hospital contaram que uma das vítimas, um homem de 40 anos, foi o responsável pelos disparos na festa na tentativa de provocar outra pessoa, o que deu início à confusão. Já outra testemunha, ouvida separadamente pelos policiais militares, afirmou que os disparos foram feitos em legítima defesa, após uma agressão sofrida pelo referido homem de 40 anos.

Testemunhas relataram que uma discussão entre dois homens, um deles o principal suspeito de ser o autor do homicídio, deu início ao tiroteio. As testemunhas afirmaram ter ouvido um disparo, seguido por vários outros, e logo depois uma grande agitação e gritaria, com sangue escorrendo pelas calçadas e pessoas caídas e feridas no chão.

O irmão de um dos envolvidos no início do tiroteio entregou uma arma de fogo às equipes policiais, corroborando o relato das testemunhas ouvidas no hospital. Não se sabe o que motivou a contenda, mas a pessoa disse à PM que seu irmão efetuou um disparo no chão em autodefesa após uma agressão física perpetrada pelo suposto autor dos disparos.

Ainda segundo informações da PM, o suspeito dos disparos possivelmente fugiu em direção a outro município e, até o final da manhã desta terça-feira, não foi localizado.

Uma das vítimas baleadas foi transferida para o Hospital de Municipal de Santa Helena em estado gravíssimo. Em nota emitida nesta terça-feira (2/2), o hospital informou que o jovem de 20 anos está na Unidade de Terapia Intensiva e que tem estado geral grave, mas estável.

Compartilhar em:

Notícias em alta